Responsabilidade Social

Formado por uma equipe de médicas e esposas de médicos do corpo clínico do Hospital São Lucas, que doam tempo e suas habilidades, o Centro do Voluntariado realiza diversas atividades em benefício da Associação São Francisco de Assis Gewo-Haus. Criado em 2000, o Centro contribuiu para a inauguração da Capela Ecumênica do São Lucas, um espaço de oração e de meditação. Os funcionários dos hospitais São Lucas e Ribeirânia e seus familiares recebem apoio do Centro por meio de ações que atendam às necessidades mais urgentes, como tratamento médico e a aquisição de cadeira de rodas.

Entre as principais iniciativas do Centro, está a campanha “Doe Alguma Coisa”. Desenvolvida durante o ano todo, nesta ação, a comunidade pode participar enviando doações diversas como roupas, calçados, livros e utensílios domésticos. Os produtos são vendidos a preços acessíveis no Bazar da Solidariedade e a renda é revertida à Associação. Com os recursos, a entidade já reformou a estrutura física, comprou equipamentos, trocou o telhado, instalou espelhos na sala de dança, montou a sala de silkscreen, entre outras melhorias.

Segundo a presidente da Assossiação São Francisco de Assis, irmã Neusa Aparecida Bernardo, a parceria com o Centro Voluntariado faz a diferença na manutenção da casa, que atende aproximadamente 100 crianças e jovens, com idades entre 6 e 15 anos, em situação de vulnerabilidade social. Localizada na Vila Virgínia, a Associação dirigida pelas irmãs franciscanas da Penitência desenvolve um trabalho socioeducativo, familiar e profissionalizante, em que os menores são atendidos no contraturno da escola. De manhã, as atividades são direcionadas para os pequenos com idades de 6 a 12 anos e, à tarde, para crianças e adolescentes de 12 a 15 anos.

A Associação oferece oficinas de teatro, dança, esporte, artesanato, marcenaria, costura, entre outras atividades culturais e educacionais. Atendidas por uma equipe de profissionais habilitados, as crianças recebem café, almoço e lanche da tarde. Das principais necessidades da casa, está a reativação da oficina de culinária. A Associação já conta com espaço e equipamentos, mas faltam os profissionais para ministrar as aulas. A ajuda pode ser financeira para a contratação ou com a participação voluntária de interessados habilitados para isso.

Atuante na diretoria desde a fundação, a presidente do Centro, Silvana Issa Chodraui, observa que o trabalho é permanente no decorrer do ano. “Todo material arrecadado é criteriosamente separado para que possamos realizar um evento completo e bem diversificado, atendendo aos nossos objetivos, mas, também, aos da comunidade que colaborar com o evento”, aponta Silvana.

Heliana Palocci, vice-presidente do Centro do Voluntariado, afirma que a Entidade colabora para desenvolver a responsabilidade social no Hospital. Para isso, busca parcerias para projetos de cidadania e organiza programas de voluntariado, a partir da competência técnica de cada interessado. “Quem puder colaborar com as doações deve entregar o material diretamente no São Lucas ou no Hospital Ribeirânia. Mais informações podem ser obtidas pelo tel.: (16) 4009.6001”, informa Heliana.

Projeto Diversidade e Inclusão

O Projeto Diversidade e Inclusão teve seu início em 2017 e procura implantar em nossas práticas de Gestão de Pessoas um olhar voltado para públicos específicos da  população brasileira. Não se trata, porém, de um programa de ação afirmativa, mas de continuar a formar pessoas com visão para nossos valores da Responsabilidade Social e da Humanização.

Elaboramos como parte deste projeto uma cartilha para informar aos cidadãos alguns direitos que podemos ter acesso quando em situação de risco. Esta cartilha pode ser acessada pelo link logo abaixo e a partir das informações nela contidas contribuir com o desenvolvimento do senso de cidadania de nossa população.

Galeria de Imagens